Como passar na USP? Como estudar em Harvard?

Como ser feliz e bem-sucedido?

(Leiam o post inteiro, por favor, ou pelo menos a parte séria dele)

———————

Bom, essa é a época do ano que mais gente vem me procurar querendo saber duas coisas:

1) O que é esquindilese?

Meu Deus! Alunos de Medicina de primeiro ano, acho muito engraçado vocês procurando sobre esquindilese no google e achando o meu blog como referência HAHAHA bom, como meu blog é utilidade pública e eu sou uma pessoa do bem, vou ajudá-los:

Olha, a esquindilese tá por ali!

Esquindilese é uma articulação óssea imóvel onde o encaixe de um osso no outro é do tipo encaixe em fenda. Não precisam querer entender muito bem o que é, mas o importante é saber que SÓ O VÔMER E O ESFENÓIDE fazem essa articulação no corpo humano. Fim. Só isso, e nada mais.

HAHAHA eu acho muita graça! Sempre nessa época do ano, quando os calouros tão tendo anatomia de ossos, o número de visitas ao post sobre esquindilese aumenta exponencialmente. Vou copiar e colar esse trecho no tal post e ajudar a todos a serem felizes sem estudar com o Moore hahaha

2) Qual o segredo para passar no vestibular?

Bom, sobre isso que vou escrever hoje. Tinha pensado em mil coisas para postar aqui, e tem algumas novidades muito legais, mas estou aguardando ibagens ainda para fazer um post bem legal. No mais, se contentem com isso, porque agora eu vou contar o segredo para passar no vestibular:

Não existe segredo.

Alguém lembra do Padre Quevedo?

Sim, não existe, não tentem procurá-lo e muito menos tentem criá-lo e vendê-lo (crítica forte àqueles que ganham dinheiro escrevendo livros e fazendo outras coisas com a falsa imagem de que vão ajudar as pessoas a passarem no vestibular… isso não existe.)

Não quero desanimá-los, fazendo-os perder a esperença e tal. Mas não há receita para passar no vestibular. Infelizmente não tem como falar: olha, estuda matemática por duas horas, depois estuda um pouco de geografia e no fim mistura com história e… não!

O que posso dizer, e o que eu digo sempre é: tracem um plano. Tenham um objetivo em mente e sigam um caminho até ele. Mas não basta apenas querer passar no vestibular. Tem que traçar o caminho até lá. Cursinho, estudar em casa, fazer reforço, etc etc. Cada um tem que ter a maturidade para saber do que precisa e se focar para tentar resolver os problemas. No fim vestibular é metade conhecimento e metade calma. E para se ter calma na hora da prova tem que estar preparado.

Já me sinto tão velho que não sei mais dar bons conselhos para vestibular. E já nem me lembro quantas horas por dia estudava, como era minha rotina e etc. Então procuro ajudar de outras maneiras! Mostro como é a vida, real, de um estudante de medicina, como foi chegar até aqui, e como está sendo fazer parte disso tudo. No fim o apoio é mais moral mesmo, uma rede de suporte.

Enfim, o que queria dizer é isso: não se enganem com pessoas que vendem segredos de como atingir o sucesso. Pode ser que te ajude, claro. Se eu falar: olha, estudem tudo, mas tudo mesmo e pronto, vocês passam. Bom, pode ser que muito passem mesmo, mas isso não é um segredo, não é uma verdade absoluta. Fora que é mais que óbvio.

Infelizmente não posso, e nem tenho esse direito, de dizer o que cada um de vocês deve fazer para alcançar seus objetivos. Mas certamente darei 1000 motivos para não desistir deles!

E analisando as estatísticas novamente, teve um post que eu coloquei as tags  “” só de brincadeira. Hoje é um dos posts mais acessados hahaha fiquei um pouco envergonhado de ter ~~zuado~ e muita gente ter levado a sério.

Prometo ser mais sério a partir de hoje! (hum.. melhor não prometer hahaha)

Mãs, depois dessa parte toda séria do blog, vamos descontrair um pouco.

Dias atrás foi aniversário da minha supervisora no laboratório. Ela é indiana, mas vive aqui nos EUA faz bastante tempo. Pois bem, no Brasil temos mania de festar duro em aniversários, e por aqui é tudo tão: “ah, aniversário…… lgl”. Mas com toda minha brasilidade, resolvi fazer algo diferente, que não inclui bons drink, mas inclui brigadeiro e beijinho!

Bom, é industrializado mas é bom demais.

Dei uma raça, diz ai!

E os americanos piram nesses doces. Eles curtiram muito hahaha vou abrir uma fábrica de brigadeiro e beijinho e vender por aqui. E tudo isso me fez lembrar o porquê de comer brigadeiro na colher. Meu Deus, como é trabalhoso enrolar isso aí.

Enfim, matou um pouco a homesick, todos ficaram felizes e agora acham que eu sou um mega cozinheiro, apesar de ter afirmado que os doces vieram enlatados hahaha

E eu finalmente descobri um lugar que tem um café bom e barato. E não, não é starbucks, uma vez que o café de lá é ruim e caro. O local é:

A America corre nos dunkins, é o que diz ali.

Sim, Dunkin’ Donuts tem um café bom e os donuts são muito bons. Logo, bom lugar para ir.

Mas falando em Starbucks, essa semana vai ter o Happy Hour de Frapuccino do Starbucks (#frapuccinohappyhour, pesquisem no twinter), e eles vão vender Frapuccino pela metade do preço das 15h as 17h, todos os dias! :D :D

#frapuccinohappyhour, daora

Ah, e sim, peguei as fotos que eu postei no instagram mesmo, lol

E por fim, a pedidos, estou postando fotos do meu dia-a-dia que está cada dia mais saboroso, uma vez que tem chá Earl Grey Twinings aqui no lab, e pensa numa pessoa que ama chá feliz da vida tomando chá bom e grátis todo dia!

Bom, esse não é o chá do lab, é o que eu fiz em casa mesmo!

E falando em sabores, essa semana fiz algo que sempre tive vontade. Comprei um falafel e fui comer sentado no gramado da Medical School, sentindo frio e Sol e vento, mas com alegria de fugir um pouco de dentro da Faculdade e sentir o ar circulando pelas forças da Natureza e não pelo ar condicionado.

Delícia isso ai.

E falando em natureza (lol, meu texto é todo linkado), outro dia o céu tava muito bonito, pra variar um pouco, e tirei uma foto massa. O legal é que todos os aviões que voam por aqui deixam aquele rastro de nuvem, sabem? Não sei explicar por quê, mas lembro que já li isso em algum lugar, e tem a ver com a temperatura. Mas enfim, é muito legal, o céu fica todo riscado no fim do dia :)

Sunset

E, por fim, comecei a usar o microscópio de fluorescência e é MUITO doido. Minhas células tem um marcador fluorescente vermelho, e aí tenho que ficar avaliando a porcentagem de fluorescência delas, e aí fica usando esse troço muito massa.

Uuuuuu

Enfim, em breve voltarei com mais novidades deste mundo Bostoniano! Muito obrigado pelos comentários e e-mails e etc, me sinto muito feliz por ter leitores maravilhosos como vocês (hahaha to zuando). De qualquer forma, meu e-mail é andre.saijo@gmail.com (ele está perdido por aqui no blog em algum lugar…) e eu respondo e-mails sim. Demoro um pouco, mas respondo :(

Até a próxima! See you, folks!

About these ads

32 comentários sobre “Como passar na USP? Como estudar em Harvard?

  1. Parabéns por enrolar os brigadeiros, tem q ter paciência, pois começa a grudar na palma da mão hehehe
    Tb acredito que aniversário bom tem q ter brigadeiro!
    Agora fiquei com vontade oh shit XD
    Uma vez eu chamei as minhas amigas e fiz um brigadeirão com 3 latas de condensado, fiquei umas 2 horas mexendo o negócio é q coloco leite e demora mais, nisso ficamos jogamos War \o/

  2. Queria conversar um dia contigo pra trocarmos ideias, tb curso medicina, e ainda tenho muito a aprender, primeiro periodo :-)

  3. Deco, adoro seu blog.. já li todos os posts, desde o comecinho. Como você melhorou, heim?! Claramente está escrevendo melhor, com preocupações mais maduras e sérias, porém sempre cheio de bom-humor. É a transformação que a faculdade faz nas pessoas, não é?

    Estou estudando para o vestibular, aqui onde moro o curso não é tao prestigiado quando na USP, mas a concorrência é em torno de 300 por 1, então é complicadinho. Já cursei Direito, mas meu sonho sempre foi Medicina e agora estou indo atrás! Sempre que canso ou desanimo com os estudos venho dar uma olhada no blog, e a energia volta rapidinho! =)

    Enfim, gosto muito e te desejo muito sucesso!

    • Ah, obrigado! Senti a crítica ai hahahaha no começo eu era mais pessoal, mais despreocupado, todo feliz ainda. Não que eu seja triste hoje, mas enfim, encanto de calouro marcou o primeiro ano de blog hahaha

      Ah, que legal! Que bom que você está indo atrás! Tem que ir mesmo, e te desejo toda a força do mundo para realizar esse sonho! :)
      Bom, quem sabe você não vai para outros lugares além de sua cidade?

      Boa sorte e tudo de bom!

      Beijos

  4. Oi, adorei seu post! Quero fazer medicina na Usp ano que vem, mas to muito perdida, não sei o que estudar, aí bate aquele medo… Mas vou correr atrás né, pesquisar, seguir meu sonho. Quero ser cirurgiã. E vc Deco, já sabe que área seguir? Beijo!

  5. AAAHH, que lindo esse post! E o que eu achei mais digno é essa coisa de não ter segredo. Claro, a gente se dedica, corre atrás, mas a gente nunca sabe se está fazendo as coisas certas ou não. Eu estou no primeiro ano de cursinho, e acho que uma das coisas que mais me deixa desconfiante é isso. Nós não temos um indicador marcando até onde precisamos estudar, até quanto é suficiente, sabe. E o que dá mais raiva é que tem muita gente no cursinho cheia de estereótipos, de que você não pode sair, não pode ter vida, não pode conversar um tempo a mais com os seus amigos… a galera acha que só porque você presta Medicina, você tem que ser um robô. E ainda vem falar besteira. Sei lá, não sei se você entende muito isso, porque você parece ser o tipo de pessoa que não ligava muito pra essas coisas, né :D Mas acho que isso até daria um post (?), tipo, de um monte de coisas que as pessoas falam sobre medicina e não é verdade. Acho que quebraria os preconceitos de muita gente :) E AAHH, QUE FELIZ, eu sempre leio seu blog, mas eu nunca tinha comentado por aqui! *-* haha

    • Oi! :)
      Ah, obrigado!
      Sim, também sentia isso na época do cursinho! A gente nunca sabe se é suficiente. E os simulados só servem para aumentar essa incerteza! Mas no fim tudo se ajeita.
      Pois é, eu lembro dessas pessoas. No fim elas nos desistimulam o pouco, mas é importante não dar muita atenção a elas. Cada um tem seu jeito de viver e estudar, e não é fazendo o que todos fazem que você vai ter a certeza de que vai passar no vestibular.
      Obrigado pela ideia :) tento quebrar esses preconceitos sobre a medicina há 4 anos hahaha quem sabe um dia eu consiga :)
      Beijos

  6. esquindilese?? sério?
    aiai eu tive anatomia com um Dentista então qdo ele flo disso uma lâmpada acendeu ;P ia cair na prova ele flo mtoo bemm nunca pesquisei sobre hihihi mas ta valendo gostei do site to lendo aos poucos.

  7. Tanto estudo, tanta dedicação, tantas admiráveis e respeitadas conquistas e uma propaganda gratuita da causa de muita dor e mortes. Coca-cola, dunkin donuts, leite condensado… açúcares… não são imagens inocentes nem eventos gastronômicos festivos. Mas enquanto o esquindilese for mais importante do que compreender o impacto da alimentação e do estilo de vida no organismo, formaremos médicos brilhantes e completamente alheios a conhecimentos vitais. Desejo sucesso em sua jornada, em sua vida de estudos e pesquisas.

    • Olá João!!
      Bom, levando seu comentário pelo visão do entretenimento que é a internet hoje, devo dizer que realmente foi uma propaganda gratuita (ainda bem, porque se eu ganhasse algo com esse blog seria muito mais fácil de eu ser processado haha). Mas meu blog não é da área da saúde, propriamente dita, e nem é ao certo formador de opinião. Claro que expresso minhas opiniões aqui, e tento de certa forma ilustrar um mundo que não é familiar a todos os leitores, mas dizer que eu estou propagando dor e morte é exagero por demais. Seria interessante aplicar esse seu comentário em um site de culinária. Pense em quantos diabéticos lêem as receitas e olham as imagens. Ou então em um site que estimule a prática de exercícios físicos, já que é mais que sabido o quanto de mortes e lesões existem por esportistas de fim de semana.
      Enfim, entendo e respeito sua opinião. As vezes subestimo o meu blog e o meu potencial de influenciar pessoas. Mas eu prefiro viver completamente alheio aos conhecimentos vitais e escrever com sinceridade, do que viver politicamente correto publicando um folhetim semanal.
      E antes que geremos especulações sobre a formação de médicos, pelo menos em minha Faculdade, somos treinados à exaustão para sermos completamente atentos aos conhecimentos vitais, tanto que muitos de nós acabamos por mecanizar a prática médica neste sentido, e geramos, então, descontentamento por parte dos pacientes. Mas, como sou estudante ainda, talvez tenha tempo de não me corromper :) haha

      • Obrigado por responder. Aprecio sua espontaneidade, talento com as palavras, conquistas acadêmicas. Você é estudante de Medicina, futuro médico e/ou pesquisador da saúde, por isso, inevitavelmente, faça o que fizer, escreva o que quiser, sua vida está ligada à saúde. Afinal, se dedicar tão inteligentemente à Medicina, como tem feito, não implica em se associar, de maneira irremediável, à saúde?
        Estilo de vida não é necessariamente sinônimo de folhetim semanal, embora essa temática essencial esteja frequentemente sob a responsabilidade de escritores pouco criativos, um tanto prescritivos. Há alguns exemplos de escrita interessante. Um médico formado pela USP, com doutorado, escreve um blog interessante: http://saudeblog.wordpress.com/
        É um pesquisador sênior, mas está bem longe de fazer um folhetim acadêmico previsível. A escrita de seu colega/USP é científica, independente, imprevisível, revolucionária, embora pessoalmente eu tenha pontos de vistas diversos. Como tantos outros, ele é um pesquisador que alia conhecimentos vitais e sinceridade! Gera debates.
        Sobre propagar a morte pelo açúcar, eu não poderia me expressar tão bem quanto você o fez. Sim, é isso mesmo: “propagando dor e morte.” Há inúmeras pesquisas sérias sobre esse assunto. Ah, se as revistas de saúde tivessem editores que fossem além do politicamente correto… se tivessem blogs como o seu que se comunicam, com humor, inteligência e respeito (vejo no futuro um bom médico, daqueles que está preocupado em compartilhar gratuitamente, como você já faz) (PS.: Diferentemente de vc, faculdades de Medicina no Brasil e o Mcdonalds têm uma parceria não-gratuita. Tem quem limpe a imagem do outro, tem quem ganhe e há – acredite – quem perca muito com esse “convênio feliz”…).
        Mas se quiser dar uma pesquisada em um artigo síntese sobre o açúcar, olhe este de autoria de Robert Lustig, Laura Schmidt e Claire Brindis, da Universidade da Califórnia, embora eles se concentrem também na questão da taxação, o que não é meu foco central ao sugerir essa leitura (apesar do dinheiro ser a raiz de muita males… e já que vc tocou no assunto dos esportes, a Coca-Cola e McDonald’s vão patrocinar as Olimpíadas de Londres, com o apoio do COI)… pois então, o link do artigo sobre sugar: http://www.connectwell.biz/pdf/comment_truth_about_sugar.pdf (A pesquisa foi publicada na Nature http://www.nature.com/nature/journal/v482/n7383/full/482027a.html?WT.ec_id=NATURE-20120202).

        Parabéns pelo blog! Siga em frente.

        • Olá!
          É, existem muitos blogs da área da saúde que são responsáveis e ótimos em dar informações para a população. O alvo do meu blog não é explicar especificamente sobre tópicos da saúde, mas sim como é a vida de estudante de medicina, que é a única coisa que eu sei no momento. Acho que seria imprudência minha sair por ai escrevendo coisas sobre saúde e dando recomendações sem ter o cacife suficiente! Posso até ser repreendido por isso!
          Obrigado, vou dar uma lida assim que tiver mais tempo! (queria ter mais tempo para ler mais e escrever mais :( )

          Obrigado :)

  8. Heeeey, adorei seu blog! É meu primeiro ano de cursinho. Quero muito medicina. Moro em Mato Grosso, tipo no fim do mundo, rsrs não tem muitas opções de cursinho. Eu sei que deveria me dedicar mais, pois não dou tudo de mim como estudar o dia todo. Eu tento, tento muito, é cansativo, mas eu sei que vou conseguir pegar o ritmo. E se esse ano eu não passar, pretendo ano que vem fazer cursinho em Sp. Me indica algum ?!
    Continue escrevendo, por que cada palavra que agente lê é um motivo a mais para não desistir dos nossos sonhos.

    • Olá!
      Obrigado :)
      Ah, força por ai.. é difícil mesmo pegar o ritmo, mas cedo ou tarde acaba pegando e fica tudo mais fácil! O importante é ter confiança e não desistir!
      Bom, em SP existem vários cursinhos, mas os mais famosos são o Anglo, Objetivo, Poliedro e Etapa. Os 4 são muito bons, aí vc pode da ruma olhada em cada um deles para ver qual te agrada mais :)
      Beijos

  9. Gostei muito do seu blog. Tenho apenas 15 anos, e um grande sonho de passar na USP, em medicina. Estudo em um colégio, que só tem Ensino Médio, pois é bem focado no Vestibular, o CPV.
    Não comecei a prestar vestibular ainda, mas já sinto a pressão. Não estudo tanto como deveria, mas minha prima está no quarto ano do cursinho e não consegue passar. Indicarei seu blog para ela também tentar se inspirar.
    Obrigada pelas dicas e por servir como motivação. Muito sucesso, e muita boa sorte!

  10. Pingback: Virando o BiXo | na vida e na arte

  11. Amei seu blog. Pretendo estudar medicina. Tenho apenas 15 aninhos mais ja me sinto na faculdade rs eu quero entrar em todos os hospitais que vejo nas ruass, amo postos de saude. Ja ate fingir que estava doente so para conhecer um hospital e passar algumas horas por la , cada loucura !!! Vou sempre que puder estar lendo seu blog , e se Deus quiser se eu conseguir passar no vestibular da Usp visitarei seu blog. Ameeei ameeei *-*

  12. Só uma correção: esquindilese: vômer e lâmina perpendicular do etmóide e não esfenóide. hahaha Obs: caloura med usp! hahaha tenho que aproveitar enquanto eu ainda sou caloura, né?

    • Isso que acontece depois de 5 anos. Obrigado pela correção, vou arrumar lá para ajudar o próximo hahaha
      Aproveite mesmo porque logo mais a gente não lembra nem mais onde é o fêmur!

    • Então, tava vendo no google, e diz que é a articulação esfeno-vomeriana. Já não sei mais, e não tenho um Moore (nem vontade hahaha) no momento pra conferir!

  13. Encontrei no seu blog uma motivação a mais pra seguir com o sonho de ser médica, estou no terceiro ano do ensino médio, e como esperado a pressão sobre qual curso eu vou fazer já começou, mas, quando eu falo que quero fazer medicina, muitas dessas pessoas desacreditam, chegam até a me falarem sobre outros cursos, os quais são menos concorridos e toda aquela conversa. Confesso que estou muito indecisa sobre o meu futuro, não nasci querendo ser médica, mas conquistei esse desejo ao longo dos anos, mas ao mesmo tempo que existe dentro de mim esse desejo, existe também o medo e o receio, medo de não passar no vestibular, medo de que todo o esforço que eu fiz não adiantar! Mas a cada dia que eu leio seu blog, esse desejo só aumenta, e a minha vontade de correr atrás dele também!
    Muito Obrigado, te admiro muito.

    • Oi Larissa. Muito obrigado você! Espero que dê tudo certo por aí. É difícil, é estrelante, as é recompensador!
      Boa sorte e muita força!

  14. Oi Deco
    Quero muito entrar na faculdade de medicina, mas não sei o que estudar, como começar…
    Por acaso tem como você me dar uma dica???
    Brigada e Bjusss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s