A razão real de ter escolhido Medicina

Mudança de endereço: pessoas, mudei o endereço do blog! A partir de agora será: https://registromedico.wordpress.com. Todo o conteúdo desse aqui está lá também! Em breve esse será desativado!


Bom, ultimamente vinha pensando nisso: qual a razão de eu estar fazendo medicina?
E desde então tenho pensado bastante nisso! E acho que hoje descobri o porque!
O sofrimento humano.
Essa é a razão… acho que no fundo eu sempre soube.. mas só hoje que realmente entendi isso!
Tudo começou em uma aula de anatocardio, em que eu vi uma cabeça! Pode parecer muito besta, e no fundo é mesmo… mas foi lá que finalmente me caiu a ficha do que eu estou fazendo. Estou aprendendo sobre o corpo humano! Mas além disso, estou aprendendo sobre o ser humano, sobre a pessoa em si… e não somente sobre um punhado de células e tecidos que formam órgãos e que estão lá encima de uma bancada, formolizado e duro.
Você pode pensar: afff, que troxa, só agora percebeu isso?
Mas é.. só agora mesmo! Depois de um semestre inteiro, depois de dois anos e meio sonhando em entrar em uma faculdade de medicina, depois de ter crescido com aquela vontade imensa de ajudar os outros.
Mas porque só agora?
Bom, pra quem não sabe, o curso de medicina é dividido em três partes: Básico, Clínico e Internato!
O curso básico é composto de diversas matérias extremamentes teóricas, como: bioquímica, biologia molecular, biologia celular, histologia, fisiologia, imunologia, microbiologia e todas as -ias que você pode imaginar. E com toda essa teoria acumulada, você acaba se esquecendo do que você está fazendo lá, e de qual o verdadeiro objetivo daquilo tudo!
E enfim redescobri isso!
Hoje, na aula de Bases Humanísticas, o prof. passou um documentário chamado: A Omissão de Socorro. Trata-se de um apanhado de entrevistas de pessoas com distúrbios psiquiátricos, e suas situações na sociedade, tratamento e etc…
O filme é ótimo, e eu recomendo!
Infelizmente o trecho que eu encontrei no youtube não passa nem um décimo da realidade que é uma doença grave, como as psiquiátricas. Mas é óbvio que existem muitas outras doenças que causam tanto, ou até mais, sofrimento do que essas.
E eu percebi que eu não suporto o sofrimento alheio… que não consigo ficar vendo pessoas sofrendo sem me pertubar! Não me sinto bem, e creio que não descansaria até ajudar realmente uma pessoa passando por um problema muito grande!
Claro que eu poderia ajudar pessoas em qualquer outra profissão! Mas o que me atrai na medicina é que você cura uma pessoa! Tanto fisicamente, quanto psicologicamente (as vezes nem sempre os dois juntos), mas você (tá, nem sempre T_T) consegue curar uma pessoa, fazer com que o sofrimento passe, e que ela viva feliz. (Tá, eu sei que é bem idealizado isso… mas cada um acredita no que quiser né?)
Bom, nem sei bem porque estou escrevendo isso aqui… acho que precisava por isso pra fora de alguma maneira!
Espero conseguir realizar esse meu sonho (infantil, ou não) de mudar o mundo, de salvar vidas, de curar pessoas, de  pelo menos mudar o mundo do meu paciente.. de fazer ele se sentir bem e feliz! .__.

Será que consigo?

Ps: a música é emo sim, e daí? E a foto é sensacionalista.. maaaas, é meio que o símbolo do sofrimento humano né? Pra quem não sabe a história da foto, digite no google “premio pulitzer 1994″

Anúncios

6 comentários sobre “A razão real de ter escolhido Medicina

  1. Déécoooo!!Nossa meuu!!num sei direito como deve ter sido essa aulaa!mais imagino o quanto ela tenha mexido com vc!Muito foda tudo isso que vc escreveuu!e me orgulha ter um amigo que se preocupa tanto com o bem de todos! e que sempre faz! e futuramente vai fazer muito melhor de tudo para ajudar a todos! da melhor forma possivell!!Acho que depois de tudo issoo!Muita coisa vai mudar em seus estudos!Não sei como explicar! mais agora vc tem mais do que absoluta certeza do que você quer! certeza de que ajudar os outros te faz bem!Me orgulho muito de vc caraa!e espero estar junto nessa caminhada com vc!Abraçãoo/

  2. Pois é, a ficha caiu!E junto com ela veio a noção do que realmente acontece.Necessitamos ver o próximo como um ser que pensa, tem sentimentos, ama, sofre, tem raiva, familia e é VIVO.Temos que ter essa noção e nos desligarmos daquela visão de que o paciente é apenas um poço de patologias ambulantes no qual podemos brincar e usarmos de cobaia.Falta humanismo, falta afeto, falta amor.Enquanto o ser humano não ter consciencia de que o próximo merece respeito, a sociedade vai continuar no caos.Admiro os que idealizam um mundo melhor, pois QUERER É PODER.hauahauahuase vc ta num dia emo, eu tbm to! Alias, ontem tive CD! hauahaua

  3. Adorei seu comentario…fasso enfermagem e tambem com a mesma vontade que vc.AJUDAR O PROXIMO…adorei mesmo decoração.

  4. Puxa, só li esse post agora Déco, e fico feliz em saber que existe alguém que pensa assim na turma… me identifiquei muito com você! Apesar de saber que não vou poder ajudar a todos, eu realmente quero fazer a diferença, e praticar uma medicina verdadeiramente humana.Não ligue para o que o idiota aí de cima disse… provavelmente ele quer medicina para ter status e dinheiro… tsctsc o pior que ele sabe que é idiota… nem teve coragem de se identificar.Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s