Cirurgia Geral – 5º Ano

Mudança de endereço: pessoas, mudei o endereço do blog! A partir de agora será: https://registromedico.wordpress.com. Todo o conteúdo desse aqui está lá também! Em breve esse será desativado!


Como prometido, voltei. Hoje falaremos de Cirurgia Geral!

O estágio do quinto ano é no HC, no Instituto Central. Basicamente ficamos na Enfermarias do 8º Andar, divida em Parede, basicamente Hérnias, e Oncologia, basicamente câncer de cólon/lipomas, e as Enfermarias Retaguardas do PS. Temos também ambulatórios em algumas tardes e uns plantões café-com-leite no PS de Cirurgia (que em breve falarei no Sexto Ano, que aliás é onde eu vou começar amanhã!!).

Esse foi o primeiro estágio em Cirurgia que tivemos, e estávamos todos um pouco tensos porque ouvimos falar muito sobre o quão rígido e hierárquico esse estágio. E no fim é um pouco sim. Pela primeira vez as visitas nas enfermarias (creio que já falei o que é um Visita por aqui) eram extremamente detalhistas, com algumas broncas e leve humilhação pública hahaha

Durante esse estágio, temos uma visita icônica que é comentada por todos os alunos há anos. É a visita com o futuro Professor Titular de Cirurgia Geral, e acontece em todas as sexta-feiras na Enfermaria do 8º Andar. Esse é o tipo de visita em que temos que nos preparar  muito no dia anterior, passar a noite estudando, chegar muito cedo no dia e torcer para dar tudo certo. O Professor é ótimo, um dos poucos que realmente fazem jus ao título de Docente, mas ele é extremamente rígido e detalhista. Eu achei que foi ótimo porque nesse estágio finalmente aprendi a passar um caso direito e saber tudo sobre o meu paciente.

Bom, além disso tudo temos o tal do plantão café-com-leite no PS. Ele é café-com-leite porque a gente, na realidade, não tem nenhuma obrigação. São poucos plantões, e podemos fazer o que quisermos lá. Em geral podemos ficar na Sala de Trauma ou suturando. Quem quiser, também, pode ficar na porta atendendo os pacientes que chegam. Ou então podemos ir nas cirurgias de emergência. Ou, por fim, podemos dormir também, o que não é má ideia hahaha

O que a maioria dos Internos espera é que tenha um Águia durante o plantão! E é realmente muito legal. Águia é aquele helicóptero do Comandante Hamilton hahaha. Ele traz pacientes graves que precisam de atendimento muito rápido. Recebemos o aviso de que tem um Águia chegando e aí o hospital se prepara para recebê-lo. Parece seriado americano mesmo. Aí vamos até o Heliponto e ficamos aguardando o helicóptero chegar.

Cobandante Habilton pousando
Cobandante Habilton pousando

E quem nunca se recordou das famigeradas cenas do Dr. Romano e helicópteros? Só chego perto deles quando as hélices estão bem paradas hahaha

E, por fim, esse estágio é muito legal (na minha opinião haha) porque temos que ir nas cirurgias dos nossos pacientes! As cirurgias em geral são de manhã e podemos instrumentar para o Assistente e o Residente que estão operando. Alguns Cirurgiões, como o Professor acima citado, operam muuuuuuito bem, e é ótimo de assistir!

Cirurgia <3
Cirurgia ❤

Enfim, o estágio é bom, você aprende bastante coisas de Clínica Cirúrgica e tem um contato legal com os pacientes, que você conhece antes da cirurgia e acompanha até a alta (ou não). Esse foi o primeiro estágio que “perdi” um paciente. Ano passado escrevi sobre isso aqui: As Intermitências da Morte.

Daqui 10 dias eu volto de novo! Viram, consegui cumprir o acordo até agora hahaha até a próxima, onde falarei de Cirurgia do Aparelho Digestivo! 🙂

Anúncios

16 comentários sobre “Cirurgia Geral – 5º Ano

  1. Cumpriu mesmo com o acordo hein ! Falei deixa eu ver se tem post novo do Deco e não teve erro hahaha. Deco tenho uma duvida em relação ao estágio na cirurgia, que é sem duvida um dos mais aguardados por um grande número de alunos (pelo menos aqui na PUC é hehe). Em relação as cirurgias os internos apenas acompanham e instrumentam ou já aprendem a realizar algum procedimento, ainda que de baixa complexidade? No mais é isso, adorei o post e já estou ansioso pelo próximo. Abraço 😀

    • Oi Erick! Mil anos depois eu respondo, desculpa.
      Então, depende. Aqui, em geral, nós instrumentamos. Algumas pessoas fazem apendicite. Mas, cada dia mais, os internos vão fazendo menos coisas, infelizmente.

  2. Deeeco! Como estava com saudades dos seus posts…. Acho que o seu blog (e procurar a hashtag FMUSP no instagram) é o que me motiva a continuar nessa rotina nada fácil que a vida de cursinho (2° ano, na verdade). As vezes parece um sonho tão distante entrar na tão incrível pinheiros, mas aqui você torna isso mais real e me deixa, como disse acima, motivada… Acho que isso acontece com todo mundo aqui hahahaha.
    Obrigada por ter voltado a postar! Estamos todos aguardando ansiosamente o próximo post.
    Beijos e uma ótima semana.

  3. Pra quem tá começando agora, tipo eu, o internato parece um outro mundo bem distante… Espero que esses 140 dias que faltam passem bem devagar, estou adorando acompanhar essa “saga”! Até dia 24 🙂

  4. Obrigada por voltar a postar, Deco! To ansiosamente aguardando pelo próximo post: cirurgia do Aparelho Digestivo! Estive em um congresso de cirurgia recentemente e me interessei pela área. Grande abraço!

  5. O Águia é pilotado por oficiais militares da PMESP e o Cmd Hamilton é cívil rs.
    Admiro seus posts e vc como pessoa e futuro profissional.
    Abraços.

    • Oi Marcinha. Em geral eu tinha as aulas de manhã e passava a tarde estudando no cursinho mesmo. Não ficava muito tempo, mas acho que sou uma exceção. No total deviam ser umas 5 horas, além das aulas!

  6. Oi deco tenho lido bastante seu blog e tbm penso em medicina(mas ainda estou no 1 ano do ensino médio) e queria fazer uma pergunta: tem ou teve vários alunos q usaram entorpecentes para aguentar a faculdade ou é so lenda urbana? tenha uma boa semana

    • Oi Pietro. Bom, nenhuma das pessoas próximas a mim utilizaram estimulantes para aguentar a faculdade. E acho que isso não é comum por aqui. Mas também ouvi histórias de outras faculdade que pessoas precisam, mas não sei se é real. No máximo abusamos do café hahaha

  7. Olá Deco tudo bem? Agora tive a vontade de escrever, venho acompanhando seu blog pelo fascínio em querer me interar dos assuntos de Medicina. Tenho 35 anos e fiz Adm de empresas e hoje não tenho mais gosto algum pela profissão que escolhi mau. Cada vez mais cresce em mim a vontade de estudar outra área que neste caso já corro atrás e me encontro preparando para entrar na medicina. Como você já esta em reta final, gostaria de saber sua opinião sobre meu ingresso a essa outra profissão que quero adiquirir, opinião sobre eu entrar nesse curso e nessa idade, se você conhece pessoas mais velhas que entraram na medicina na mesma ou mais idade e como estão lidando com isso!?!? Parabéns pelo seu blog, ele é muito bom de ler 😉 Abraços Luciana Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s