Cirurgia do Aparelho Digestivo, Otorrinolaringologia e Oftalmologia – 5º Ano

Mudança de endereço: pessoas, mudei o endereço do blog! A partir de agora será: https://registromedico.wordpress.com. Todo o conteúdo desse aqui está lá também! Em breve esse será desativado!


Voltei! Um dia antes do combinado, já que amanhã terei um plantão de 24h e não conseguirei publicar o post aqui. Mas antes de começar, já que vocês são ávidos por histórias, e eu por contá-las, segue uma delas que aconteceu ontem (fatos reais!!) durante um plantão no Pronto-Socorro de Cirurgia (daqui algumas semanas eu chego lá para falar mais sobre ele). Leiam aqui na minha página no Medium (só clicar ali, gente. Lá também tem outras histórias que escrevi durante o internato.)

[Para ler o restante, clique em LEIA MAIS ali no canto direito]

Enfim, hoje vou contar sobre o estágio de Cirurgia do Aparelho Digestivo, o qual ocorreu em junho do ano passado, sendo o último estágio antes das férias, Otorrinolaringologia e Oftalmologia, que vieram logo após as férias. Vou ter que falar de vários estágios por post, porque fiz as contas agora e não vai dar tempo de postar tudo antes de acabar a Faculdade (quem diria que esse dia ia chegar?). Mas tenham fé, porque logo mais chegaremos ao fim desta jornada.

1) Cirurgia do Aparelho Digestivo

Esse estágio foi ótimo! Primeiramente porque não tínhamos plantão (graças a Deus!!), e isso por si só já é motivo de comemorações durante todo o estágio. E segundamente porque foi bem legal mesmo.

O objetivo do estágio, resumidamente, é aprender a cuidar de um paciente internado em Enfermaria antes, durante e após um cirurgia. O que eu posso sintetizar para vocês em poucas palavras: jejum 12h antes da cirurgia, suspende alguns remédios que não podem, deixa dipirona/paracetamol de horário pro pós-operatório e tramadol se a dor tiver muito forte. Se for cirurgia aberta e paciente jovem: diclofenaco. Se for videolaparoscópica: dimeticona. Torcer pra não dar íleo paralítico do mal, e alta quando estiver comendo. Pronto. Mais ou menos isso né pessoal. Eventualmente algumas coisas não iam bem, paciente precisa ser re-operado, ou suspendiam a cirurgia porque a pressão dele estava nas alturas. Mas acontece.

Aprendi tudo isso que disse lendo esse pequeno livro, chamado Sabinston, e tomando um chá.
Aprendi tudo isso lendo esse pequeno livro, chamado Sabinston, e tomando um chá.

A Cirurgia do Aparelho Digestivo do HC é dividida em 6 grupos: Coloproctologia, Fígado, Vias Biliares, Estômago, Esôfago e Obesidade. Nós internos somos distribuídos aleatoriamente entre eles, e temos que passar em dois grupos. Eu peguei Fígado e Estômago e foi bom. As cirurgias eram magníficas (para quem gosta, né haha os amigos Clínicos queriam se matar na terceira hora de cirurgia) e os casos eram muito interessantes.

O que matava, nesse estágio, eram as reuniões mortalmente maçantes. Meu Deus. Como me esquecer…. hahaha. Em geral as reuniões eram no ICESP porque a maioria dos casos cirúrgicos dos dias atuais são cânceres. Aí vinha o residente passar o caso, depois o radiologista mostrava mil imagens, depois os dinossauros da Medicina ficavam discutindo profundamente o caso e discutindo entre si também. Mas era bacana, talvez.

Aprendi muitas coisas no estágio e deixo aqui uma foto do meu gato estudando comigo para disfarçar o fato de que não sei mais o que escrever sobre o estágio:

Captura de Tela 2015-06-23 às 16.10.36

2) Oftalmologia

Depois das férias, que foram providenciais, voltamos para o Estágio de Clínica Médica, com duração de 3 meses. Esse estágio é dividido em Enfermaria do 5º andar do HC, Enfermaria do 6º andar do HC também (que falarei no próximo post) e Otorrinolaringologia e Oftalmologia. Nos períodos da tarde tínhamos outras atividades da Clínica Médica (que também falarei no próximo post). Então, Oftalmo e Otorrino eram só pelas manhã (infelizmente).

Oftalmologia era bem interessante. O olho é um mundo a parte na Medicina, apesar dos oftalmologistas afirmarem que diversas doenças sistêmicas afetam o olho (sim, óbvio), mas as doenças do olho podem ser os primeiros sintomas detectáveis de uma doença sistêmica (hum, ok.). Mas basicamente é operar catarata, tratar glaucoma e fazer óculos de grau, né minha gente?? Mentira, tem muita coisa hardcore na oftalmo, e eu achei muito legal!! Mas certamente não faria residência nisso porque tenho aflição até de tirar um cílio que cai dentro do meu olho.

O estágio, por ser só pelas manhãs, começava com um aula com o Preceptor de algum tema que a gente já teve no 3º ano, mas que, obviamente, não lembramos. E aí depois íamos para as atividades práticas, como PS de oftalmologia, ambulatório e cirurgias. Foi muito tranquilo, e deu para aprender bastante coisas. Exceto fazer fundo de olho, porque olha, coisa IMPOSSÍVEL de ser feita. (Tá, até que deu para aprender também. Mas eu ainda acho muito difícil hahaha)

Vocês mal imaginam o que a gente enxerga lá dentro (veja abaixo)
Vocês mal imaginam o que a gente enxerga lá dentro (veja abaixo)
Então tá, né.
Então tá, né.

3) Otorrinolaringologia

Melhor estágio, melhor especialidade ❤ Otorrino é muito legal, os otorrinos são legais, os casos de otorrino são legais, as cirurgias de otorrino são legais. O que dizer, né? Tá, exagerei dizendo que é o melhor estágio porque tem melhores sim, mas somente porque temos pouquíssimo tempo de otorrino 😦 se fosse um mês inteiro seria o melhor com certeza! Hahaha

Mas enfim, o estágio era dividido basicamente em Enfermaria, Ambulatório, Cirurgias e Pronto-Socorro.

Enfermaria: chegávamos lá muito cedo (sim, muito. Única parte ruim do estágio) para ver alguns casos que tinham separado para os internos. Não cuidávamos dos pacientes lá porque a tarde tínhamos outras atividades da Clínica Médica, então não dava para ficar responsáveis por eles. Mas mesmo assim íamos lá ver os pacientes internados e depois discutíamos os casos com os assistentes. Achei muito bom 🙂

O ambulatório é dividido em grupos, tipo do nariz, ouvido e garganta (só que mais específico que isso), e aí ficávamos vendo as nasofibrolaringoscopias, as otoscopias digitais e etc. Foi bem bacana. Já as cirurgias eram interessantes também. Mas tínhamos oportunidade de ver poucas. Eu participei de um implante coclear em uma criança com surdez congênita. Foi muuuuuito legal! Pena que não vi o resultado, mas espero que tenha dado tudo certo. Fica aqui a denúncia: o SUS só financia UM implante coclear por paciente :/ então se a pessoa é surda dos dois ouvidos, ela só pode receber um implante gratuitamente. É um pena, mas quem sabe isso mude futuramente.

No pronto-socorro, tínhamos que completar horas de trabalho. Não lembro mais quantas horas eram, mas não eram muitas. Além dessas horas extras, ficamos várias manhãs atendendo fichas. Era legal, quando não vinham só gente com dor de ouvido porque a orelha estava entupida de cera hahaha. Eventualmente vinham coisas graves como epistaxe (sangramento nasal) que tinha que fazer intervenção. Ou então traqueostomias entupidas, que era bem desesperador.

Bom, o estágio foi maravilhosamente legal <3. E, por não ter muitas responsabilidades, foi leve e bom para dar uma descansada, embora a gente tenha aprendido muito lá! Otorrino tem um lugar especial em meu coração!

É isso aí pessoas. Encontraremo-nos novamente daqui 11 dias para falar sobre a famigerada Clínica Médica. Preparem os corações! Até a próxima!

Anúncios

9 comentários sobre “Cirurgia do Aparelho Digestivo, Otorrinolaringologia e Oftalmologia – 5º Ano

  1. Ah, estou tão ansioso pelo dia em que verei meu nome na lista de aprovados. Parabéns pelo blog, Deco. Seus relatos nos possibilita uma visão mais ampla e contígua do curso.

  2. Deco, hoje tenho 18 anos, mas devo acompanhar seu blog desde tempos imemoriais (provavelmente desde os 14, hahaha). Bom, a distância desses tempos pro dia de hoje é que agora curso medicina!! \o/ Quero agradecer por todo o horizonte que vc abriu pra mim, ainda que virtualmente. Passei na primeira tentativa, mas me preparei pra qualquer resultado, e em parte foi pela semente de esperança que você plantou com a sua história. Além disso, esse post me levou a um estado de frenesi absurdo! Primeiro porque cirurgia é amor, os amigos clínicos que me desculpem. Segundo porque otorrinolaringologia é fan-tás-ti-ca! Realmente, os otorrinos são muito mais legais e etc, é exatamente isso. É isso, parabéns pelo blog e obrigada pela inspiração!

    • Olá Vitória!! Que legal!! Fico muito contente em ler isso! Parabéns 🙂
      Sim, otorrinos são mais legais hahaha aproveite muito a faculdade por aí, porque acaba super rápido! Beijos

  3. Parabéns pelo blog. Mesmo com a quantidade absurda de gente produzindo material para web atualmente é muito dificil de encontrar tanta informação com qualidade e que dê vontade de que você traga algo novo para nós logo hehehe.

  4. Olha que bacana! Surge uma possível especialidade, então? Hehehe
    Aproveito o post pra falar que ano passado seu blog foi de grande inspiração pra mim…cheguei até te mandar um email (que, sim, vc respondeu rs) falando sobre a minha dúvida entre largar a carreira de psicóloga e voltar a tentar medicina como segunda graduação. Hoje venho te dizer que deu certo! Passei em 3 faculdades! Duas públicas e a Santa Casa… Por pouco não passei na USP (por umas 40 pessoas). Acabei optando por fazer Famerp e agora vivo a vida louca de estudante de medicina com muito orgulho é muito cansaço tb hahahaha
    Obrigada por toda inspiração 😉

    • Cara, mt legal voce contar suas experiencias aqui . Tambem estudo Medicina e achei teu blog num momento de desespero KKK . E qd comecei a ler seus posts dos primeiros anos me tranquilizei mais . Comecei a lidar melhor com os problemas da faculdade qd descobri que um aluno da USP enfrenta as msm dificuldades de uma da FCM- UPE .
      Ah , concondo ctg . Usar oftamoscopio é impossivel kkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s